Talvez o pra sempre sobreviva há algumas coisas...

quarta-feira, abril 29, 2009 2 Comentários


"Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre."

(Albert Einsten)
segunda-feira, abril 27, 2009 1 Comentário

"A beleza, não é apenas um olhar critíco a pessoa e a roupa que ela veste. É acima de tudo, você olhar através da maquiagem e ver que há brilho de esperança nos olhos de uma menina que está sozinha na vida e um sorriso brilhante sem explicação, que automáticamente ilumina sua alma ao olhar para ela."

A vida não é como nos filmes....

quarta-feira, abril 22, 2009 Nenhum comentário

Talvez todas as coisas teriam sido causadas pela minha imaginação, pela minha criatividade extravagante de achar que você poderia estar falando sério quando dizia que estaríamos para sempre juntos.
Quando dizia que eu era um presente e que não importava-se com o que as pessoas em nossa volta pensavam de nós.
Talvez eu tenha me entregado demais a nossa “amizade” e deixado um pouco a realidade de lado.
Parece que eu depositei ilusões em que você seria diferente do mundo, mas não, você é apenas mais uma pessoa e participa de toda essa angustia que as pessoas preferem viver ao mostrar quem elas são realmente.
Talvez a culpa seja minha de ter pensado tudo isso, porque eu sabia que você sempre estaria do lado mais forte, pois acha que não há nada para você do outro lado.
Sinto muito que tudo tenha chegado ao fim assim, mais esse é o nosso fim e não teria outra forma de terminar. Porque essa é a nossa vida e é real, não há créditos que sobem no fim. Não há um final alternativo e não há como selecionar as melhores cenas, pausar ou assistir novamente. Como da mesma forma não há ninguém que tenha assistido pra contar o que aconteceria depois.
Essa é a minha vida e ela é real, é abandonada e eu posso tentar viver isso mais quantas vezes eu quiser.

Não se preocupe, vou me manter fora do seu alcance...

segunda-feira, abril 20, 2009 1 Comentário

Sim! Apenas neste momento permito sentir pena de mim, mas apenas eu posso sentir isso! Sem mais ninguém para olhar. Me deixa só, apenas hoje, amanhã te ligo bem cedo, porque essa noite não irei dormir. Preciso de um lugar novo pra viver! Me permita olhar-me no espelho e enxergar a minha solidão, minha dor e meu jeito de encarar a vida. Você me deu o direito de sofrer, então não me toque, deixe-me sentir o desespero e ver o escuro. Silêncio! O sol pode nascer a qualquer momento e posso querer fechar meus olhos nesse instante. A brisa me faz sentir VIVA. O som do nada, faz eu escutar as batidas em meu peito. O ronronar do gato me faz sentir bem, sentir que sou alguém além de mim mesma. Se amanhecer hoje, estarei viva ainda! Feche os olhos e respire. AGRADEÇA!!!

Uma pedra pra você!!

sábado, abril 18, 2009 Nenhum comentário

Talvez não possa ser chamar uma pedra de presente, mas, sim, esse é o presente que encontrei pra lhe dar e explicar aquilo que mal consigo entender.

Uma pedra? Algo que parece estar morto, que não se move, que é frio, que machuca e que nem sempre é bonito. Sim... Para você... Uma pedra branca, uma cor que me tranqüiliza e me deixa estressada ao mesmo tempo por não mostrar nada além de silêncio.
Uma pedra sem vida sem nada em especial, como me sinto algumas vezes em relação á você.
Uma simples pedra, sem nada de preciosidade, mais uma pedra que só você poderá saber onde colocar... uma pedra que à deixa responsável por me afastar ou não de ti...
Se você vai deixa-la em um lugar onde não à veja, ou se vai querer ver todos os dias ao abrir os olhos?
Se você não quiser , devolva-a e eu à colocarei em meu lado na cama, para assim todos os dias ao acordar saber que tenho a missão de curar a minha obsessão por ti.
Se você quiser pra ti, me sentirei um pouco melhor e acreditarei quando você fala que gosta de mim de verdade!!
Obrigada por me fazer uma pessoa cada dia melhor!!

Ás vezes também me odeio por algum momento!!

quarta-feira, abril 15, 2009 2 Comentários

Quem sabe se "fugir" vai realmente ajudar a esquecer?

Talvez me faça lembrar mais vezes no dia que você existe e é real!

Quero pensar sempre que amanhã vai ser um novo dia e assim sucessivamente.

Afastar-me pode não ter sido o certo, mais vai me poupar de lágrimas extras...

Realmente não sei... Posso voltar e não te querer e aceitar simplesmente sua amizade, mais o fato de te ver com outra pessoa, me dá medo.

Tenho vontade de não voltar mais, pois, não saberia se sou forte ou fraca!!!

Se amo, ou, não!! Entende??

A todo momento há imagens em minha mente, frases na ponta da língua e falta de coragem para atuar em minha prórpia vida...

Como se uma nova temporada tivesse que atrasar um pouco á estréia!!

Não sei bem o que concluir...

Biografia dos pensamentos...

segunda-feira, abril 06, 2009 4 Comentários

Falar sobre minhas vontades ou minha identidade sempre me deu um pouco de medo, ainda mais agora, com todas essas coisas que tenho em minha mente.
Falar de sonhos, dos que tive, dos que realizei e dos que nunca sairam do papel.
Falar das minhas atitudes ou da falta delas, me deixa bem e me faz mal ao mesmo tempo.
A sobriedade da vida me instiga a devaneios desnecessários, a devaneios insanos.
A dor, a outo-confiança, a seriedade acompanham-me fielmente lado-a-lado.
A saudade é um dos mais nobres sentimentos do qual descobri, só... em meio a papeis e canetas, dos quais não consigo me imaginar sem.
A escuridão me tranquiliza, me faz querer jamais ver a luz de novo.
Aprender à viver, talvez, seja essa a busca pela qual estou.

"No meu momento mais belo, seco as lágrimas insistentes que caem de seus olhos.
No meu momento mais belo, você diz que me ama."

Posso dizer sim, que mais uma vez, não sei pra onde estou deixando minha vida seguir, mais estou gostando, pois cada novo dia algo me surpreende mais...
Obrigada!!!
 
Desenvolvido por Michelly Melo.