Você é o melhor que nunca me aconteceu...

quinta-feira, janeiro 15, 2015 2 Comentários



Ontem eu assistia a um filme e mais uma vez pensei em você, não em você em si, mas no tempo, na história e em como tudo acabou ou um dia irá terminar.

Sim! Às vezes acredito que isso ainda terá outro fim. Imagino que aos 70 anos ainda vou me apaixonar por você, como quando tínhamos apenas 17 anos. Imagino que talvez não seja você que me faça dizer “Sim” num altar (se um dia eu chegar lá), também sei que você não será o pai dos filhos que talvez um dia eu tenha. Vou viver tantas primeiras vezes sem você e sempre vou imaginar como você também as viveu sem mim.

Você não é a primeira pessoa que eu vejo ao acordar e também não será o “cara” ao lado na hora de dormir, mas acredite todos os dias você será meu primeiro e ultimo pensamento do dia. Você será aquele para quem eu me arrumo todas as manhãs, será aquele quem eu procuro no mar de rostos em uma multidão.

Quem sabe um dia quando a gente se encontrar de novo, você me conte como você esteve todos esses últimos anos e me conte do seu casamento, o nascimento do seu filho, seu divorcio, sua mudança de país e o motivo de você ter voltado.

Talvez eu te classifique na minha vida, como a melhor coisa que não me aconteceu até hoje. Você nunca aconteceu de verdade. Foram três anos dos quais eu estava ao seu lado como amiga, melhor amiga, amante, e tantas outras vezes um fantasma. Para mim não importava a forma, estar ao seu lado bastava para fazer meu dia feliz.

Por anos me bastaram as lembranças e os sonhos. Mas hoje talvez não exista mais esse tempo para mim, para nós.

O seu quase amor por mim foi o suficiente por anos. E até hoje não entendo como o meu amor por você pôde não ser suficiente?

Eu mudei de escola, de amigos, de lugares e até meu gosto musical para não te ver mais. Mas isso não foi o suficiente para lhe esquecer. Porque em cada novo lugar te procurava, quando não te via em algum outro rosto. A cada novo amigo eu pensava se essa pessoa te conhecia. Nada disso foi suficiente para tirar você do meu mundo.

E de repente quando eu achei que tudo tinha se resolvido, que de vez meu coração estava livre, você aparece.  Fazendo-me sentir aquele estranho e maravilhoso friozinho na barriga. Você me faz querer te procurar de novo nas multidões. Faz novamente meu coração bater e minha respiração ter ritmo.
Esperei-te uma vida e nada deu certo – ainda.

Mas, UM DIA, me disseram que para o amor de verdade não há tempo perdido.


Eu apenas estou acreditando.





 
Desenvolvido por Michelly Melo.